2001: A Space Odyssey (1968) *DVDRip* - AMERICA

Moderador: Moderador

Responder
Avatar do Utilizador
Barefaced
Administrador
Administrador
Mensagens: 37521
Registado: 06 jul 2007, 17:43
Localização: @ Home
Contacto:

2001: A Space Odyssey (1968) *DVDRip* - AMERICA

Mensagem por Barefaced » 01 set 2007, 06:37




Sinopse
Na história da sétima arte escassos foram os filmes que marcaram tão decisivamente o género cinematográfico da ficção científica como esta obra-prima do realizador Stanley Kubrick (Metropolis do alemão Fritz Lang fê-lo em 1927, a saga galáctica Star Wars do norte-americano George Lucas voltou a fazê-lo em 1977). O argumento do filme, redigido por Kubrick em parceria com Arthur C. Clarke, foi baseado no romance The Sentinel da autoria deste último e pode ser repartido em 4 partes: “A aurora da humanidade”, “O ano 1999”, “Missão a Júpiter” e “Para lá do infinito”. A primeira parte mostra-nos a Terra povoada por macacos que lutam pela sobrevivência; um dia uma das tribos descobre com espanto um imponente monólito negro cravado no solo ”“ contacto estabelecido, um dos símios decide utilizar um fémur como arma de combate. Na segunda parte, no ano 2001 (dezoito meses mais tarde), o fémur lançado ao ar dá lugar a uma elegante nave espacial rumando à Lua (e nós temos o prazer de assistir a um dos flash-fowards mais fabulosos do cinema) com o propósito de desvendar as origens do misterioso monólito descoberto nas vizinhanças da cratera Tycho, objecto esse enterrado ali à milénios ”“ o grupo de cientistas que o rodeiam, entre os quais se encontra o Dr. Haywood R. Floyd (Sylvester), ao aproximarem-se são interrompidos por um ruído ensurdecedor. Na terceira parte, dezoito meses mais tarde, a nave Discovery 1 segue em direcção ao planeta Júpiter tendo a bordo dois astronautas, o Dr. Dave Bowman (Dullea) e o Dr. Frank Poole (Lockwood), três cientistas em hibernação e o computador de última geração HAL 9000 (voz de Rain); é nesta fase que despoleta uma verdadeira guerra fria de poderes entre o Homem e a máquina, que terá como desfecho a morte dos cientistas, de Poole e ainda de HAL 9000. Na derradeira parte, a mais estonteante a nível visual e a mais enigmática de todas, foca-se a viagem inesquecível de Bowman por uma espiral do espaço-tempo ”“ no fim Bowman encontra-se velho e só num quarto estilo Luís XVI, acabando por se transformar num magnetizante e sublime feto astral.
Mais de três décadas desde a sua première, este clássico imortal tornou-se a mais aplaudida obra da carreira do seu genial realizador (ao lado dos não menos famosos Dr. Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb de 1963, A Clockwork Orange de 1971, The Shining de 1980 e Full Metal Jacket de 1987) e um dos melhores filmes dentro do seu género. 2001: A Space Odyssey é um dos raros filmes que transcende a mera dimensão de objecto cinematográfico e que alcança a absoluta universalidade.
À excepção do elenco médio-bom (que curiosamente tem como melhor personagem o fascinante, assustador e turvo HAL 9000, um modelo computorizado ultra-avançado que aparentemente não erra e que “sente” como os humanos) o filme de Kubrick é um dos mais perfeitos filmes sci-fi de todos os tempos: a realização atinge um nível superlativo; a história de cariz filosófico e científico analisa inteligentemente o ciclo de vida do Homem e a sua evolução ao longo das eras, a sua ligação com os avanços tecnológico e denuncia com veemência o risco que advém desses mesmos progressos; a música clássica dos compositores Richard Strauss (“Assim Falava Zaratrusta”) e Johann Strauss (“O Danúbio Azul”) é excelente e possibilita a animação de certos momentos do filme, isto porque ao contrário de muitos filmes do género em 2001: A Space Odyssey as naves não emitem som (segundo as leis da física o som não se propaga no espaço); a montagem de Ray Lovejoy e a fotografia de Geoffrey Unsworth são de primeira classe; os revolucionários efeitos visuais, realizados em colaboração com a NASA e premiados com o Úscar em 1969, são ainda hoje um deleite para os olhos dos espectadores.
Ambicioso (custou cerca de 10 milhões de dólares) e extremamente bem conseguido, 2001: A Space Odyssey é uma obra maior do cinema e para muitos a melhor de Kubrick, realizador eternamente perfeccionista, visionário e talentoso, cuja influência nos jovens cineastas da actualidade se revela imensurável.


imdb.com
2001: A Space Odyssey (1968)

Capa
Sinopse:Humanity finds a mysterious, obviously artificial object buried beneath the Lunar surface and, with the intelligent computer H.A.L. 9000, sets off on a quest.
Pontuação:8.3
Duração:149 minutos
Idioma:English, Russian
Realizador:Stanley Kubrick
Actores:Keir Dullea, Gary Lockwood, William Sylvester, Daniel Richter, Leonard Rossiter
  
Fonte:http://www.imdb.com/title/tt0062622
Última Actualização:Segunda Março 12, 2018 03:04


Código: Selecionar todos

Tamanho: 1.36 GB
Duração: 2:22 h
Formato do AVI; MIME type=vídeo/avi
 
Vídeo
Codec: XVID
Bitrate: 4011 kBits/seg
Resolução: 688 x 304
Rácio da Imagem: 2.263 (2.25)
Fps: 25.00

Áudio
Codec: AC3 (Dolby AC3)
Bitrate: 384 kBits/seg
Canais: 5.1 (Surround)
Frequência: 48.000 kHz




ed2k: 2001.A.Space.Odyssey.(1968).DVDRip.AC3.XviD.AMERICA.avi  [1.36 Gb]
2001.A.Space.Odyssey.1968.AC3.DVDRiP.XviD-AMERiCA.rar
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.
Última edição por Barefaced em 31 jul 2008, 19:50, editado 1 vez no total.
Imagem
Imagem

Responder

Voltar para “Filmes com Legendas // Movies with Subtitles”