Comparação Distribuições Linux

Moderador: Moderador

Responder
Avatar do Utilizador
Barefaced
Administrador
Administrador
Mensagens: 36117
Registado: 06 jul 2007, 17:43
Localização: @ Home
Contacto:

Comparação Distribuições Linux

Mensagem por Barefaced » 22 jul 2007, 17:23

Imagem




GNU/Linux é um sistema operacional baseado em software livre. Uma Distribuição Linux (ou simplesmente distro) é composta do kernel do Linux e mais uma série de aplicativos com vários propósitos. Muitas pessoas e empresas ao redor do mundo criam e distribuem - gratuitamente ou cobrando por isso - suas distros. Algumas distribuições são maiores que outras, cujos tamanhos podem variar desde um disquete a vários DVDs, passando por pen drives, CDs e mini CDs.

Cada distro tem o seu propósito. Podem ser feitas especificamente para computadores desktops, laptops, servidores de redes, servidores de aplicações, servidores de banco de dados, handhelds, telefones celulares e outros.

Das inúmeras distribuições existentes as de maior destaque são a http://pt.wikipedia.org/wiki/Red_HatRed Hat, SuSE, Mandriva, Debian, Fedora Core, Ubuntu Linux, dentre outras.

Distribuições Linux ( listacomparativocategoria )

Debian · Fedora · Gentoo · Knoppix · Mandriva · Red Hat · Slackware · SuSE · Ubuntu

Em português:
Tutoo · Big Linux · Caixa Mágica · DreamLinux · GoblinX · GloboLinux · Kalango · Kurumin


Imagem

http://www.kernel.org/

O kernel - Linux
Linux (o termo "Linux" refere-se sempre ao longo deste documento como o kernel criado por Torvalds) foi inicialmente criado, como um hobbie, por Linus Torvalds, na altura estudante da Universidade de Helsínquia, Finlândia. Linus tinha um elevado interesse no Minix, um pequeno sistema Unix, e decidiu desenvolver um sistema que excedesse os standards do Minix. Começou o seu trabalho em 1991, altura em que lança a versão 0.02 e trabalhou arduamente até 1994, altura em que a versão 1.0 do kernel do Linux foi lançada. A versão actual (estável) é a 2.6 sendo que o desenvolvimento de novas versões não para, e está sob licença GPL.

The latest stable version of the Linux kernel is: 2.6.22.1

The latest snapshot for the stable Linux kernel tree is: 2.6.22-git16

The latest 2.4 version of the Linux kernel is: 2.4.34.5

The latest prepatch for the 2.4 Linux kernel tree is: 2.4.35-pre5

The latest 2.2 version of the Linux kernel is: 2.2.26

The latest prepatch for the 2.2 Linux kernel tree is: 2.2.27-rc2

The latest -mm patch to the stable Linux kernels is: 2.6.22-rc6-mm1



O GNU/Linux é o resultado do sistema GNU com o kernel Linux.

O projecto GNU, GNU's Not Unix, foi iniciado em 1984 por Richard Stallman, com o intuito de os utilizadores de programas poderem gozar de mais liberdade, e não serem reféns das empresas que os vendem. Da mesma forma, os programadores não devem ser limitados, mas sim ter livre acesso e reutilizar código fonte.

E arrancou com o objectivo de desenvolver um sistema operacional completo e livre, similar ao Unix. Um sistema operativo similiar ao Unix é um conjunto de muitos programas. Um conjunto de bibliotecas foi criado e denominado de GNU Lib C. Outras ferramentas criadas consistem em ferramentas básicas, como os comandos grep, cut, ls, mkdir, rmdir, ln, mas também ferramentas de compilação, como o make, gcc, autoconf, e outras. O GNU inclui todo o software GNU, e muitos outros como o X Window System e o TeX.
No início da decada de 90, o GNU estava quase pronto, faltando desenvolver o kernel (que por motivos da estratégia utilizada demorou muito mais tempo a ser elaborado do que o esperado), quando Linus Torvalds lançou o seu kernel muitas pessoas começaram a juntar esse kernel ao GNU, originando um duo que revelou ser muito eficaz. Daí a designação mais correcta dos sistemas normalmente denominados por "Linux" ser "GNU/Linux",
A razão da existência do GNU é cumaltar a existencia de um sistema operativo livre, por isso todos os componentes deste são software livre (não necessáriamente sob copyleft).

O Linux (o termo "Linux" refere-se sempre ao longo deste documento como o kernel criado por Torvalds) foi inicialmente criado, como um hobbie, por Linus Torvalds, na altura estudante da Universidade de Helsínquia, Finlândia. Linus tinha um elevado interesse no Minix, um pequeno sistema Unix, e decidiu desenvolver um sistema que excedesse os standards do Minix. Começou o seu trabalho em 1991, altura em que lança a versão 0.02 e trabalhou arduamente até 1994, altura em que a versão 1.0 do kernel do Linux foi lançada. A versão actual (estável) é a 2.6 sendo que o desenvolvimento de novas versões não para, e está sob licensa GPL.

O GNU/Linux é fruto de uma comunidade que compartilha as suas descobertas, e que preza a liberdade e o espírito de fraternidade.
Novas aplicações são concebidas todos os dias. Para se manter um estado de evolução constante, é preciso força de vontade, génio inventivo, e estar disposto a fazer parte de uma comunidade que se orgulha de partilhar, de aprender, e de ensinar. Não é uma comunidade egoísta, nem fechada: pode examinar o código fonte de cada programa, e ver o que cada ferramenta, função, instrução faz. Pode aprender com o que outros fizeram. E pode acrescentar o seu código nesta construção. Tem estas liberdades garantidas pela GNU General Public License.



O projecto GNU/Linux Portugal: GNU/Linux em Português para Portugueses é uma comunidade de utilizadores do sistema operativo GNU/Linux, que procura promover e impulsionar o uso deste sistema operativo livre e de todo o software livre em Portugal.

O GNU/Linux Portugal como grupo de utilizadores descreve-se como um grupo de utilizadores do sistema operativo GNU/Linux, promovendo o uso desta designação como a mais correcta, fazendo a distinção entre o sistema GNU e o kernel Linux.

Visando a promoção do GNU/Linux em Portugal criamos e suportamos o site http://www.gnulinux-portugal.org com notícias relacionadas com esta área, criando documentação em Português, respondendo a questões tanto no forum (http://forum.gnulinux-portugal.org) como no canal de irc #gnulinux, promovendo eventos, mantendo uma lista de empregos e empresas relacionadas com GNU/Linux, e procurando sempre novas e mais ideias para fazer crescer cada vez mais este projecto.

O GNU/Linux Portugal mais do que ser uma comunidade de GNU/Linux, é uma comunidade de Software Livre, com diversas actividades como alertar para os perigos das patentes de software (http://livredepatentes.gnulinux-portugal.org/).


A História

Em Outubro de 2001, com a criação do canal #linuxpt na rede de irc ptnet (actualmente #gnulinux), começou-se se a reunir por lá um grupo de pessoas que daria mais tarde origem ao projecto Linux-Portugal (originalmente com esta designação, e actualmente GNU/Linux Portugal).

Um ano depois em Outubro de 2002, Luís Rodrigues, confrontado com um trabalho para uma cadeira de Sistemas Multimédia, começa a desenvolver um site de informação sobre GNU/Linux em Português, ligado ao #linuxpt. Em Janeiro de 2003, fica disponível o site em linuxpt.gaesi.org, com a designação Linux[PT]. A partir desta data, foram-se juntado novas pessoas ao projecto.

Impulsionado por Luís Rodrigues e Simão Soares (que se havia juntado a este) o projecto cresce, e a 30 de Junho de 2003, passa a ter a designação Linux-Portugal, e novo endereço (http://www.linux-portugal.org). Em Julho 2003, o projecto ganhou novas pessoas também importantes, como Ricardo Nuñez, designer e programador do actual site.

Em Agosto de 2003, entrou em funcionamento o forum, em http://forum.linux-portugal.org e actualmente em http://forum.gnulinux-portugal.org.
E foi também por essa altura que se colocou a questão de se apenas usar o termo "Linux", que teve como resultado a mudança do lema para: GNU/Linux em Português para Portugueses. E em Outubro de 2003, a mudança de nome para GNU/Linux Portugal, e uma aproximação clara às ideias e conceitos da Free Software Foundation e do projecto GNU.

Em Janeiro de 2004, é lançado um novo site também totalmente desenvolvido pela equipa do GNU/Linux Portugal, o endereço passa a ser http://www.gnulinux-portugal.org, e é também disponibilizado o manifesto contra as patentes de software na Europa "EuropeSwFree" em Português no endereço livredepatentes.gnulinux-portugal.org

Em Março de 2004, o GNU/Linux Portugal ultrapassa os 400 membros registados, Helder Soares inicia o projecto de criação de um LIVECD GNU/Linux, o projecto Caravela. E é também neste mês que o GNU/Linux Portugal passa a ser o primeiro grupo Português presente na listagem de grupos da GNU / FSF, "GNU/Linux User Groups", http://www.gnu.org/gnu/gnu-user-groups.html .



Compilação e informação de:


Imagem

Imagem
Imagem

Responder

Voltar para “Outros - Free Zone”