Termos & Definições

Moderador: Moderador

Responder
Avatar do Utilizador
Barefaced
Administrador
Administrador
Mensagens: 36716
Registado: 06 jul 2007, 17:43
Localização: @ Home
Contacto:

Termos & Definições

Mensagem por Barefaced » 07 jul 2007, 02:43

802.11a
Um standard de redes sem fios da IEEE que especifica um ritmo máximo de transferência de dados de 54MBps e uma frequência de funcionamento de 5GHz.

802.11b
Um standard de redes sem fios da IEEE que especifica um ritmo máximo de transferência de dados de 11MBps e uma frequência de funcionamento de 2.4GHz.

802.11g
Um standard de redes sem fios da IEEE que especifica um ritmo máximo de transferência de dados de 54MBps, uma frequência de funcionamento de 2,4GHz, e compatibilidade com dispositivos 802.11b.

Adaptador
Este é um dispositivo que adiciona ao seu PC a capacidade de ligação a uma rede.

Ad-hoc
Grupo de dispositivos de rede sem fios que comunicam directamente entre si (ponto a ponto) sem a utilização de um ponto de acesso.

AES (Advanced Encryption Standard)
Uma técnica de cifra de dados simétrica de 128 bits.

Backbone
A parte de uma rede que liga a maior parte dos sistemas e redes, e manipula a maioria dos dados.

Banda ISM
A banda de frequências de rádio usada em redes sem fios.

Banda Larga
Uma ligação à Internet, sempre ligada e de elevada velocidade.

Base de dados
Um conjunto de dados organizados de modo que o seu conteúdo possa ser facilmente acedido, controlado, e actualizado.

Beacon Interval
O intervalo de frequências da difusão de pacotes usada pelo router para sincronizar a rede sem fios.

Bit (Dígito Binário)
A mais pequena unidade de informação existente numa máquina.

Boot
Inicializar um dispositivo e fazer com que comece a executar instruções.

Bridge
Um dispositivo que liga dois tipos diferentes de redes, tais como uma rede sem fios e uma rede Ethernet com fios.

Browser
Um browser é um programa que disponibiliza uma forma de visualização e de interacção com toda a informação na World Wide Web.

Buffer
Um bloco da memória que armazena temporariamente os dados para serem trabalhados mais tarde, usado quando um dispositivo está demasiado ocupado para aceitar dados.
Byte
Uma unidade de dados normalmente de 8 bits.

Modem para cabo
Um dispositivo que liga um computador à rede de televisão por cabo, que por sua vez liga à Internet.

CSMA/CA(Carrier Sense Multiple Access/Collision Avoidance)
O papel do CA neste processo é garantir que o indivíduo a quem se atribui o certificado único é de facto ele próprio.

CTS (Clear To Send)
Um sinal emitido por um dispositivo para indicar que está pronto para receber dados.

Daisy Chain
Um método usado para ligar dispositivos em série, um a seguir ao outro.

DDNS (Dynamic Domain Name System)
A potencialidade para usar um nome de domínio fixo num sítio de web, FTP, ou servidor de e-mail com um endereço IP dinâmico..

Default Gateway
Um dispositivo que encaminha o tráfego de Internet da sua rede local.
Desempenho A quantidade de dados transferida com sucesso de um nó para o outro num dado período de tempo.

DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol)
Um protocolo que permite a um dispositivo numa rede local, conhecido como servidor de DHCP, assignar endereços IP temporários a outros dispositivos da rede, tipicamente computadores.

DMZ (Demilitarized Zone)
Remove a protecção de firewall do router de um PC, permitindo que ele seja “visto” da Internet.

DNS (Domain Name Server)
O endereço IP do servidor do seu ISP, que traduz os nomes de sítios de web para endereços IP.

Domínio
Um nome específico para uma rede dos computadores.

Download
Receber um ficheiro enviado por uma rede.

DSL (Digital Subscriber Line)
Uma ligação de banda larga sempre ligada que funciona em linhas de telefone tradicionais.

DSSS (Direct-Sequence Spread-Spectrum)
Um tipo de tecnologia de transmissão por rádio que inclui um padrão de bits redundantes para reduzir a probabilidade de perda de dados durante a transmissão. Usado em redes sem fios 802.11b.

DTIM (Delivery Traffic Indication Message)
Uma mensagem incluída nos pacotes de dados que pode aumentar a eficiência das redes sem fios.

EAP (Extensible Authentication Protocol)
Um protocolo de autenticação genérico usado para controlar o acesso à rede. Vários métodos específicos de autenticação funcionam dentro desta estrutura.

EAP-PEAP (Extensible Authentication Protocol-Protected Extensible Authentication Protocol)
Um método de autenticação mútua que usa uma combinação de certificados digitais e um outro sistema, tal como passwords.

EAP-TLS (Extensible Authentication Protocol-Transport Layer Security)
Um método de autenticação mútua que usa certificados digitais.

Endereço IP
O endereço usado para identificar um computador ou dispositivo numa rede.

Endereço IP dinâmico
Um endereço IP temporário atribuído por um servidor DHCP.

Endereço IP estático
Um endereço fixo atribuído a um computador ou dispositivo que está ligado numa rede.

Ethernet
Um protocolo standard da IEEE que especifica como os dados são colocados e obtidos de um meio de transmissão comum.

Finger
Um programa que lhe diz o nome associado a um endereço de e-mail.

Firewall
Uma firewall é qualquer esquema de segurança que impeça que utilizadores não autorizados obtenham acesso a uma rede de computadores ou monitorizem as transferências de informação de e para a rede.

Firmware
Em dispositivos de rede, os programas que se executam no dispositivo.

Fragmentação
A divisão de um pacote de dados em unidades menores para o transmitir numa rede que não suporta o tamanho original do pacote.

FTP (Protocolo de Transferência de Ficheiros)
Um protocolo standard para a transferência de ficheiros em redes TCP/IP e na Internet.

Full Duplex
A capacidade de um dispositivo de rede para receber e enviar dados em simultâneo.

Gateway
Um sistema que interliga redes.

Half Duplex
Transmissão de dados que pode ocorrer em ambas as direcções numa única linha, mas apenas numa direcção de cada vez.

Hardware
A parte física (palpável) de computadores, telecomunicações e outros dispositivos de tecnologias de informação.

Hacker
Um termo calão usado para definir um entusiasta de computadores. Refere-se também a indivíduos que obtêm acesso não autorizado a sistemas de computadores com o objectivo de roubar ou corromper dados.

HTTP (Protocolo de Transporte de Hiper Texto)
O protocolo de comunicação usado para ligar a servidores na World Wide Web.

IEEE (The Institute of Electrical and Electronics Engineers)
Um instituto independente que desenvolve standards de rede.

Infra-estrutura
Equipamento computacional e de rede actualmente instalado.

IP (Protocolo da Internet)
Um protocolo usado para enviar dados numa rede.

IPCONFIG
Um utilitário do Windows 2000 e XP que mostra o endereço IP de um determinado dispositivo de rede.

IPSec (Protocolo de Segurança da Internet)
Um protocolo de VPN usado para permitir a troca segura de pacotes na camada IP.

ISP (Prestador de Serviço de Internet)
Uma empresa que fornece acesso à Internet.

LAN (Rede Local)
Os computadores e produtos de rede que fazem parte da rede da sua residência ou do seu escritório.

Largura de banda
A capacidade de transmissão de um dispositivo ou de uma rede.

LEAP (Lightweight Extensible Authentication Protocol)
Um método de autenticação mútua que usa um sistema de username e password.

MAC (Controlo de Acesso ao Meio) Address
O endereço MAC é o endereço de hardware de um dispositivo ligado a um meio de rede partilhado.

Mbps (Megabits Por Segundo)
Um milhão de bits por segundo; uma unidade de medida para a transmissão de dados.

mIRC
Um programa de conversa na rede (IRC ”“ Internet Relay Chat) que corre em Windows.

Modo Infra-estrutura
Uma configuração em que uma rede sem fios é ligada a uma rede com fios por intermédio de um ponto de acesso.

Multicasting
Envio de dados em simultâneo para um grupo de destinatários.

NAT (Tradução de Endereços de Rede)
A tecnologia NAT traduz endereços de rede IP da rede local para um endereço IP diferente para a Internet.

NAT (Network Address Translation)
Traversal Um método para permitir que aplicações especializadas, como chamadas de telefone pela Internet, vídeo e áudio, viagem entre a sua rede local e a Internet. STUN é um tipo específico de NAT.

NNTP (Protocolo de Transferência de News)
O protocolo utilizado para ligar a grupos de Usenet na Internet.


Um ponto de junção ou de ligação à rede, tipicamente um computador ou uma estação de trabalho.

OFDM (Orthogonal Frequency Division Multiplexing)
Um tipo de tecnologia de modulação que separa o fluxo de dados num número de fluxos de dados de menor velocidade, que são então transmitidos em paralelo. Usado em 802.11a, em 802.11g, e em redes que usam a instalação eléctrica como meio de transmissão.

Pacotes
Um pacote é um pequeno bloco de dados transmitido numa rede de comutação de pacotes.

Frase chave (Passphrase)
Usada de forma semelhante a uma password, uma frase chave simplifica o processo de cifra WEP ao gerar automaticamente as chaves de cifra WEP para os produtos Linksys.

PEAP (Protected Extensible Authentication Protocol)
Um protocolo para a transmissão de dados de autenticação, incluindo passwords, em redes sem fios 802.11.

Ping (Packet INternet Groper)
Um utilitário utilizado para verificar se um determinado endereço IP está ligado e acessível.

PoE (Alimentação de energia usando o cabo Ethernet)
Uma tecnologia que permite que um cabo Ethernet transporte energia e dados.

Ponto de Acesso
Dispositivo que permite que computadores equipados com um adaptador de rede sem fios e outros dispositivos comuniquem com uma rede com fios. Também usados para expandir o alcance de redes sem fios.

POP3 (Post Office Protocol 3)
Um protocolo standard usado para obter o e-mail armazenado num servidor de e-mail.

Port
O ponto de ligação num computador ou dispositivo de rede usado para ligar um cabo ou um adaptador.

PPPoE (Protocolo ponto a ponto sobre Ethernet)
Um tipo de ligação de banda larga que fornece autenticação (username e password) além do transporte de dados.

PPTP (Protocolo de Tunneling ponto a ponto)
Um protocolo de VPN que permite que o protocolo de ponto a ponto (PPP) seja simulado numa rede IP. Este protocolo também é utilizado com ligação de banda larga na Europa.

Preâmbulo
Parte do sinal de rede sem fios que sincroniza o tráfego da rede.

RADIUS (Remote Authentication Dial-In User Service)
Um protocolo que usa um servidor de autenticação para controlar o acesso à rede.

Rede
Um conjunto de computadores e outros dispositivos interligados com o objectivo de partilha de dados, armazenamento, e/ou transmissão entre utilizadores.

RJ-45 (Registered Jack-45)
Uma ficha de Ethernet com até oito fios.

Roaming
A possibilidade de levar um dispositivo de rede sem fios de um ponto de acesso para outro sem perder a ligação.

Router
Um dispositivo de rede que liga múltiplas redes entre si, tais como a rede local e a Internet.

RTP (Real-time Transport Protocol)
Um protocolo que permite que aplicações especializadas, tais como chamadas telefónicas, vídeo e audio através da Internet ocorram em tempo real.

RTS (Request To Send)
Um pacote enviado quando um computador tem dados para enviar.

Servidor
Qualquer computador cuja função numa rede é a de fornecer aos utilizadores acesso a ficheiros, impressoras, comunicações, e outros serviços.

SMTP (Simple Mail Transfer Protocol)
O protocolo standard de e-mail na Internet.

SNMP (Simple Network Management Protocol)
Um protocolo bastante utilizado para a monitorização e controlo de redes.

Software
Instruções para o computador. Uma série de instruções que execute uma tarefa particular é chamada de "programa".

SOHO (Small Office/Home Office)
Segmento de mercado de profissionais que trabalham a partir de casa ou em pequenos escritórios.

SPI (Stateful Packet Inspection)
Firewall O SPI é um tipo de Firewall que inspecciona os pacotes de dados à entrada para se certificar que correspondem a pedidos feitos. Pacotes não solicitados ”“ e possivelmente perigosos ”“ são rejeitados.

Spread Spectrum
Técnica de frequência de rádio de banda larga usada para uma transmissão de dados mais fiável e segura.

SSID (Service Set IDentifier)
O nome da sua rede sem fios.

Static Routing
Encaminhamento de dados numa rede usando caminhos fixos.

Subnet Mask
Um código do endereço que determina o tamanho da rede.

Switch
1. Dispositivo que é o ponto central de ligação para computadores e outros dispositivos de rede, de forma que os dados possam ser partilhados a toda a velocidades de transmissão.
2. Um dispositivo para fazer, desfazer, ou mudar as ligações num circuito eléctrico.

Taxa TX
Taxa de transmissão.

TCP (Transmission Control Protocol)
Um protocolo de rede para a transmissão de dados que requer a confirmação do destinatário dos dados enviados.

TCP/IP (Transmission Control Protocol/Internet Protocol)
Um protocolo de rede para a transmissão de dados que requer a confirmação do destinatário dos dados enviados.

Telnet
Um comando de utilizador e um protocolo de TCP/IP usado para aceder a PCs remotos.

TFTP (Protocolo de Transferência de Ficheiros Trivial)
Uma versão do protocolo FTP do TCP/IP que usa UDP mas que não tem capacidades de directório ou de password.

TKIP (Temporal Key Integrity Protocol)
Um protocolo de cifra de redes sem fios que periodicamente muda a chave de cifra, tornando-a mais difícil de violar.

TLS (Transport Layer Security)
É um protocolo que garante privacidade e integridade de dados entre aplicações cliente/servidor comunicando pela Internet.

Topologia
A disposição física de uma rede.

UDP (User Datagram Protocol)
Um protocolo de rede para a transmissão de dados que não requer confirmação do destinatário relativamente aos dados enviados.

Upgrade
Substituir software ou firmware existente por uma versão mais recente.

Upload
Enviar um ficheiro pela rede.

URL (Uniform Resource Locator)
O endereço de um ficheiro na Internet.

VPN (Rede Privada Virtual)
Quando você usa uma VPN, você cria uma ligação segura pela Internet entre a sua rede e uma outra.

WAN (Wide Area Network)
Um grupo de computadores ligados em rede numa área geográfica grande. O melhor exemplo de uma WAN é a Internet.

WEP (Wired Equivalency Protocol)
O WEP é um protocolo de segurança para redes sem fios. O WEP procura fornecer segurança cifrando os dados enviados pelas ondas de rádio de modo que estes estejam protegidos enquanto são enviados de um ponto ao outro. Uma chave partilhada (semelhante a uma password) é usada para permitir a comunicação entre os computadores e o router. O WEP oferece um nível básico, mas satisfatório, de segurança para a transmissão de dados em redes sem fios.

WINIPCFG
Um utilitário do Windows 98 e Millennium que mostra o endereço IP de um determinado dispositivo de rede.

WLAN (Rede Local sem fios)
Um grupo de computadores e de dispositivos que se comunicam entre si numa rede sem fios.

WPA (Wi-Fi Protected Access)
Um protocolo de segurança para redes sem fios que assenta nas fundações básicas do WEP. Permite proteger as transmissões de dados sem fios usando uma chave semelhante à do WEP, mas a protecção adicional do WPA deve-se ao facto de a chave ser alterada dinamicamente. O mecanismo de mudança de chave faz com que seja muito mais difícil a um hacker descobir a chave e conseguir aceder à rede.

WPA2 (Wi-Fi Protected Access 2)
O WPA2 é a segunda geração da segurança WPA e oferece um mecanismo de cifra mais robusto através da utilização do Advanced Encryption Standard (AES), que é obrigatório para algumas utilizações governamentais.

WPA-Pessoal
Uma versão do WPA que usa chaves longas que estão constantemente a ser alteradas para o tornar difícil de violar.

WPA-Enterprise
Uma versão do WPA que usa as mesmas chaves dinâmicas do WPA-Pessoal e também exige que cada dispositivo sem fios seja autorizado de acordo com uma lista mestra residente num servidor de autenticação especial.


Imagem

Elaborado por

Imagem
Última edição por Barefaced em 06 jan 2009, 23:01, editado 1 vez no total.
Imagem
Imagem

Responder

Voltar para “Outros - Free Zone”