OpenSource e Freeware

Moderador: Moderador

Responder
Avatar do Utilizador
Barefaced
Administrador
Administrador
Mensagens: 33278
Registado: 06 jul 2007, 17:43
Localização: @ Home
Contacto:

OpenSource e Freeware

Mensagem por Barefaced » 21 jul 2007, 15:07

____________________________________________________________________

Software livre, segundo a definição criada pela Free Software Foundation é qualquer programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado, modificado e redistribuído com algumas restrições. A liberdade de tais diretrizes é central ao conceito, o qual se opõe ao conceito de software proprietário, mas não ao software que é vendido almejando lucro (software comercial). A maneira usual de distribuição de software livre é anexar a este uma licença de software livre, e tornar o código fonte do programa disponível.

____________________________________________________________________



Definição

Um software é considerado como livre quando atende aos quatro tipos de liberdade para os usuários do software definidas pela Free Software Foundation:

A liberdade para executar o programa, para qualquer propósito (liberdade nº 0);
A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades (liberdade nº 1). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade;
A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo (liberdade nº 2);
A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie (liberdade nº 3). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade;
A liberdade de executar o programa significa a liberdade para qualquer tipo de pessoa física ou jurídica utilizar o software em qualquer tipo de sistema computacional, para qualquer tipo de trabalho ou atividade, sem que seja necessário atender a alguma restrição imposta pelo fornecedor.

A liberdade de redistribuir deve incluir a possibilidade de se repassar os códigos-fonte bem como, quando possível, os arquivos binários gerados da compilação desses códigos, seja em sua versão original ou modificada. Não é necessária a autorização do autor ou do distribuidor do software para que ele possa ser redistribuido, já que as licenças de software livre assim o permitem.

Para que seja possível estudar ou modificar o software (para uso particular ou para distribuir) é necessário ter acesso ao código-fonte. Por isso a disponibilidade desses arquivos é pré-requisito para a liberdade do software. Cada licença determina como será feito o fornecimento do fonte para distribuições típicas, como é o caso de distribuições em mídia portátil somente com os códigos binários já finalizados (sem o fonte). No caso da licença GPL, o fonte deve ser disponibilizado em local de onde possa ser acessado, ou deve ser entregue ao usuário, se solicitado, sem custos adicionais (exceto transporte e mídia).

Para que essas liberdades sejam reais, elas devem ser irrevogáveis. Caso o desenvolvedor do software tenha o poder de revogar a licença, o software não é livre.

Tais liberdades não fazem referência aos custos envolvidos. É possível que um software-livre não seja gratuito. Quando gratuito, empresas podem explorá-lo comercialmente através do serviço envolvido (principalmente suporte).

A maioria dos softwares livres é licenciada através de uma licença de software livre, como a GNU GPL, a mais conhecida.

Software Livre e Software em Domínio Público

Software livre é diferente de software em domínio público. O primeiro, quando utilizado em combinação com licenças típicas (como as licenças GPL e BSD), garante a autoria do desenvolvedor ou organização. O segundo caso acontece quando o autor do software relega a propriedade do programa e este se torna bem comum. Ainda assim, um software em domínio público pode ser considerado como um software livre.


Software Livre e Copyleft

Licenças como a GPL contêm um conceito adicional, conhecido como Copyleft, que se baseia na propagação dos direitos. Um software livre sem copyleft pode ser tornado não-livre por um usuário, caso assim o deseje. Já um software livre protegido por uma licença que ofereça copyleft, se distribuído, deverá ser sob a mesma licença, ou seja, repassando os direitos.

Associando os conceitos de copyleft e software livre, programas e serviços derivados de um código livre devem obrigatoriamente permanecer com uma licença livre (os detalhes de quais programas, quais serviços e quais licenças são definidos pela licença original do programa). O usuário, porém, permanece com a possibilidade de não distribuir o programa e manter as modificações ou serviços utilizados para si próprio.


Venda de Software Livre

As licenças de software livre permitem que eles sejam vendidos, mas estes em sua grande maioria estão disponíveis gratuitamente.

Uma vez que o comprador do software livre tem direito as quatro liberdades listadas, este poderia redistribuir este software gratuitamente ou por um preço menor que aquele que foi pago.

Como exemplo poderíamos citar o Red Hat Enterprise Linux que é comercializado pela Red Hat, a partir dele foram criados diversos clones como o CentOS que pode ser baixado gratuitamente.

Muitas empresas optam então por distribuir o mesmo produto sobre duas ou mais licenças, geralmente uma sobre uma licença copyleft e gratuita como a GPL e outra sobre uma licença proprietária e paga. software livre tambêm é toda uma filosofía de vida.

Ideologia: as diferenças entre Software Livre e Código Aberto

Muitos defensores do software livre argumentam que a liberdade é valiosa não só do ponto de vista técnico, mas tambem sob a ótica da questão moral. Neste aspecto, o termo software livre é utilizado para se diferenciar do movimento de software de código aberto, que enfatiza a superioridade técnica em relação a software proprietário (o que pode ser falso, ao menos em um curto período)

Os defensores do Código Aberto argumentam a respeito das virtudes pragmáticas do software livre (também conhecido como Open source em inglês) ao invés das questões morais. A discordância básica do Movimento Open Source com a Free Software Foundation é a condenação que esta faz do software proprietário. Existem muitos programadores que usam e contribuem software livre, mas que ganham dinheiro desenvolvendo software proprietário e não consideram suas ações imorais.

As definições "oficiais" de software livre e de código aberto são ligeiramente diferentes, com a definição de software livre sendo geralmente considerada mais rigorosa, mas as licenças de código aberto que não são consideradas licenças de software livre são geralmente obscuras, então na prática todo software de código aberto é também software livre.

O movimento software livre não toma uma posição sobre trabalhos que não sejam software e documentação dos mesmos, mas alguns defensores do software livre acreditam que outros trabalhos que servem um propósito prático também devem ser livres (veja Free content).

Para o Movimento do software livre, que é um movimento social, não é ético aprisionar conhecimento científico, que deve estar sempre disponível, para permitir assim a evolução da humanidade. Já o movimento pelo Código Aberto, que não é um movimento social, mas voltado ao mercado, prega que o software desse tipo traz diversas vantagens técnicas e econômicas. O segundo surgiu para levar as empresas a adotarem o modelo de desenvolvimento de software livre.


Movimentos Relacionados

Na mesma linha da GPL, existe um repositório de licenças públicas, chamado Creative Commons, cujos termos se aplicam a variados trabalhos criativos, como criações artísticas colaborativas, textos e software.

O software livre está inserido num contexto mais amplo onde a informação (de todos os tipos, não apenas software) é considerada um legado da humanidade e deve ser livre (visão esta que se choca diretamente ao conceito tradicional de propriedade intelectual). Coerentemente, muitas das pessoas que contribuem para os movimentos de Conhecimento Aberto ”” movimento do software livre, sites Wiki, Creative Commons, etc. ”” fazem parte da comunidade científica.

Cientistas estão acostumados a trabalhar com processos de revisão mútua e o conteúdo desenvolvido é agregado ao conhecimento científico global. Embora existam casos onde se aplicam as patentes de produtos relacionados ao trabalho científico, a ciência pura, em geral, é livre.


Softwares Livres notáveis

Sistemas operacionais: GNU/Hurd e GNU/Linux.
Ferramentas de desenvolvimento GNU:
- Compilador C: GCC.
- CompiladorPascal: Free Pascal.
- Debugger GDB.
- Biblioteca padrão da linguagem: C.
- Editor de texto avançado: Emacs.
- Eclipse - plataforma de desenvolvimento linguagem Java. [[1]]
Linguagens de programação: Java, Perl, PHP, Lua, Ruby e Tcl.
Servidores:
- Servidor de nomes: BIND.
- Agente de transporte de mensagens (e-mail): sendmail.
- Servidor web: Apache.
- Servidor de arquivos: Samba.
Bancos de dados relacionais: MySQL.
Programas de interação gráfica: GNOME, KDE e Xorg.
Aplicativos:
- Navegadores Web: Firefox e Konqueror.
- Automação de escritório: OpenOffice.org e KPDF.
- CAD, (computer aided design) QCad, Varicad
- Desenho vetorial: Inkscape, Sodipodi
- Editoração eletrônica: Scribus
- Editor de imagens: Gimp.
- EaD, Educação a distância: Moodle
- Modelagem Tridimensional Blender3d, Wings3d
- Renderização (imagem estática): Yafray, POV-Ray
- Acessibilidade: Virtual Magnifying Glass.
Sistema matemático : Scilab.
Sistemas de editoração: TeX e LaTeX.
Sistema wiki: sistema wiki da Wikipedia: MediaWiki.


Veja listas maiores no diretório da Fundação do Software Livre e em diversos outros sites de projetos na Internet.

Ver também:

Software Livre nos governos
GNU
Richard M. Stallman
Free Software Foundation
Free Software Foundation Europe
Free Software Foundation India
Free Software Foundation Latin America
Publicação Aberta
Fórum Internacional de Software Livre

Ligações externas

Associação Brasileira de Software Livre
Associação Nacional para o Software Livre (Portugal)
LISA - Laboratório para a Iniciativa de Software Aberto (Organização Governamental de Portugal)
((en)) Página Oficial da Free Software Foundation India
O que é o Software Livre?
Projeto GNU
Filosofia do Projeto GNU
Portal Software Livre Brasil
ONG Comunidade Sol Software Livre
Free Software Foundation Europa
Free Software Foundation Latin America
Portal Sociedade Perl do Brasil
Fórum de Software Livre em Portugal
((en)) Página oficial da licença Creative Commons
((ru)) Action «Use Free Software»
((en)) Download a Free OS!


http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A1gina_principal
http://pt.wikipedia.org/wiki/Software_livre

Imagem
Última edição por Barefaced em 26 jun 2008, 21:45, editado 1 vez no total.
Imagem

Responder

Voltar para “Software free e Opensource”

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes